Minha casa, Minha cara

Com prateleiras e alguns acessórios você pode dar um jeito nos calçados de toda a família.

Micaela Góes

Por: Micaela Góes Fotos: Micaela Góes

Já sei: seu armário não tem uma área de sapateira. Pois é, isso é mais comum do que você pensa. Por isso tantas pessoas buscam soluções alternativas para organizar os calçados. Outro dia quem me pediu socorro foi o apresentador Caio Braz, personagem de um dos novos episódios do Santa Ajuda, no GNT.

Para ver todas as dicas de organização de sapatos, clique aqui.

Minha gente, o cara é louco por tênis, sandálias, chinelos e botas! Mesmo depois de doar mais da metade da coleção de 128 pares, o Caio ainda tinha uma montanha de exemplares para organizar. Aí, o que eu fiz? Troquei as prateleiras existentes por modelos mais robustos, que dispensam os apoios externos, e arrumei tudo por tipo e cor de sapato. Para evidenciar essa setorização, pintei a parede num degradê de azuis: cada faixa corresponde a uma prateleira.

Calçados masculinos são grandões e precisam de muito espaço. Então, pensando que eu queria que eles coubessem no lugar, mas sem ficar entulhados, lancei mão de uns suportes para sobrepor um pé ao outro. Desse jeito, eles não se sujam nem se deformam. Vai dizer que não ficou uma belezinha?!

Esses acessórios, claro, também servem para sapatos femininos. Aliás, existe mais de uma versão deles, como mostram as fotos a seguir – o do tipo preto é mais conhecido como rack.

Outra forma de ganhar uns centímetros a mais – mas não tantos quanto os oferecidos pelos suportes – é aproveitar toda a profundidade da prateleira, como fiz quando transformei uma dupla de Prateleiras Grandes Sabor Caseiro, da MMM, em sapateira, como na foto abaixo:

Como cada unidade tem 32cm de profundidade, fui alternando a disposição dos pés até preencher toda a extensão. Um mais atrás, outro mais à frente. No fim, acomodei oito pares femininos em cada prateleira de 1,20m de largura. Em duas, são 16. É bom ou não é?

Espero que as soluções de hoje te ajudem. Até o próximo post!

Beijos,
Mica ♥

Já conhece o blog da Micaela? Espie aqui!

Comentários não estão permitidos.