Minha casa, Minha cara

Inspirada no best-seller escrito pela jornalista inglesa Helen Russel, hoje resolvi trazer algumas dicas de como ter uma casa para você também conseguir ficar hygge nesse inverno!

Carol Tusi

Por: Carol Tusi Fotos: @casachicks | Don’t Cramp My Style | HJ | @nordiccalm | Nuevo Estilo

Assim como a saudade no português, hygge (a pronúncia é algo como ruh-gah) é uma palavra dinamarquesa sem tradução literal para outras línguas. Eu já havia lido sobre esse termo algumas vezes, mas foi com o livro “O Segredo da Dinamarca” que entendi melhor o que ele significa. Se você nunca ouviu falar, ou nunca entendeu o que é, aí vai um trecho do livro que explica direitinho o real significado dessa palavra. O diálogo aconteceu entre a escritora e uma especialista em integração cultural dinamarquesa:

– E o que as pessoas estão fazendo em casa?

– Elas estão, ficando hygge.

– O que?

– Hygge. Uma coisa bem dinamarquesa.

– O que quer dizer?

– Difícil de explicar, mas é algo que todo dinamarquês sabe o que significa. É ficar confortável, num ambiente aconchegante e quentinho.

– Essa palavra é verbo ou adjetivo?

– Pode ser os dois. Ficar em casa com velas acesas é hygge… e jantar com os amigos é hygge. Você pode ter momentos hygge.

Foi nessa conversa, que o casal, que havia acabado de mudar para o novo País, descobriu que a cidade deles não era uma cidade fantasma. Não tinha ninguém nas ruas porque as pessoas simplesmente estavam ficando hygge… ou seja, estavam curtindo a casa, os amigos e o inverno de um jeito bem dinamarquês. Foi aí que eles começaram a pegar dicas para tentar ficar hygge também, começando pela decoração da casa. Algumas delas eu vou apresentar para vocês!

1 – Meia Luz

Velas são hygges. Luzinhas de Natal e luminárias também. Se a luz natural durante o dia deixa tudo mais animado, a meia luz deixa tudo mais intimista e tranquilo. Então velas, luminárias pendentes, de chão ou de mesa, são itens indispensáveis para ter uma casa com atmosfera hygge!

Hygge decor com velas

2 – Mantas e almofadas

Os dinamarqueses geralmente tem mantas e cobertores (mesmo!) espalhadas pela casa. No sofá, nas poltronas, e até em algum cesto, que é para todos ficarem confortáveis e sentirem-se em casa. Almofadas também fazem parte do combo aconchego quentinho. Aliás, os dinamarqueses investem valendo em almofadas. Eles tem conjuntos de inverno, e conjuntos de verão, e trocam essas peças com frequência. A variação de texturas e tamanhos são características marcantes, mas os tons são neutros, sem muita mistura de cores.

mantas e almofadas

3 – Valorize o design

Os dinamarqueses valorizam (e muito!) as peças de designers famosos locais. Eles sentem orgulho de cada peça comprada. Consideram os itens de design assinado um investimento que leva a uma melhor qualidade de vida. As luminárias de Paul Henningsen, por exemplo, são tão populares por lá que 50% das casas dinamarquesas tem ao menos um modelo em casa.

Claro que aqui no Brasil a situação muda e você não precisa ter uma peça de um designer dinamarquês em casa. Mas, valorizar design e produção locais é sempre legal, seja pagando R$ 20,00 na feirinha de artesanato ou R$ 20.000 na loja cara de decoração!

The PH Artichoke lamp hangs above a wooden dining table surrounded by Zanotta's Ada chairs and a built in window seat. Home Journal, February 2014

4 – Tenha uma mesa confortável

Uma das dicas do livro é ter uma boa mesa em que caibam ao menos 8 pessoas confortavelmente (se você tiver espaço, claro!). Pode ser com um grande banco ou cadeiras individuais, o importante é que todos possam se reunir e ficar ali conversando por horas! Velas, plantas, almofadas e mantas também podem ser utilizadas aqui, e com certeza vão deixar sua mesa um charme!

mesa hygge

Hygge é um estado de espírito!

Com essas dicas acima sua casa vai ficar linda e super aconchegante, mas aqui vai a principal delas: hygge não é um estilo de decoração, é principalmente, um estado de espírito. De nada adianta você ter uma atmosfera hygge dentro de casa, se você não estiver hygge. Ficar sempre olhando e-mails, WhatsApp, pensando nas tarefas do dia seguinte e com a cabeça cheia, não é nada hygge. Desacelere: tire um tempo para você. Faça um chá, leia um livro, faça uma receita que você goste. Se prefere companhia, chame os amigos para curtir uma noite aconchegante e leve, ou apenas para tomar um café, comer um bolo e jogar conversa fora. Essa é a verdadeira essência do tão famoso estilo de vida dinamarquês. smile

Fotos: @casachicks | Don’t Cramp My Style | HJ | @nordiccalm | Nuevo Estilo

Sobre a autora:
Tusi é apaixonada por decoração e, por isso, é uma das responsáveis por cuidar da Casa MMM, em Curitiba. Mas nem só de decoração ela entende!  Formada em design, gaúcha de Santigo e Santa Maria (porque a cidade do coração também conta!), ela AMA o sol e é apaixonada por gatinhos.

Deixe seu comentário ;)