Minha casa, Minha cara

A melhor dica para quem vai montar móveis sozinho a primeira vez!

Gabi

Por: Gabi Fotos: arquivo pessoal

detalhe das gavetas e nichos da cama de solteiro bali brancaNo último post, eu havia comentado que estava de mudança e dei algumas dicas pra quem está mudando também! Então, para o meu quarto novo, escolhi a Cama de Solteiro Bali Branca. Nunca tive uma, e achei que seria muito prática para guardar minhas coisas. Fiz a montagem sozinha, e vim contar a minha visão da montagem de uma cama!

Afinal, estou sempre fazendo propaganda da Cama Bali para os clientes europeus, mas nunca tinha colocado as mãos na madeira! 

Os primeiros passos da montagem normalmente envolvem milhões de cavilhas – tudo bem, não são milhões, mas às vezes elas parecem intermináveis. E, rapidamente percebi que ficar apertando as cavilhas mais “gordinhas” deixava os dedos doendo. Então, fica a dica da solução mais simples que descobri para isso e que usei em todas as montagens seguintes:

  1. Pegue uma das cantoneiras que veio na sua caixa – porque elas são mais firmes que o papelão, e você não precisa correr o risco de bater a cavilha no chão e deixar seu chão marcado;
  2. Coloque a cantoneira em cima da cavilha teimosa que não quer entrar;

  3. Bata na cantoneira e fique sem dor nos dedos

Pronto! Sua cavilha está no lugar certo e suas mãos continuam bem. 

Obviamente esses passos só são necessários se você não tem um martelo de borracha, que era meu caso. Eu tinha uma parafusadeira elétrica, uma chave com algumas pontas para trocar e minhas mãos!

 Eu estava achando tudo tranquilo na montagem, até entender a parte de precisar de duas pessoas: algumas pecinhas e parafusos teimam em não entrar. E, caso você, assim como eu, é uma pessoa mais adepta a livros, café e Netflix do que esportes, ache uma pessoa forte para te ajudar: alguns parafusos exigem bastante força para entrarem no lugar, e muitas vezes a parafusadeira não “entra” até o fim, obrigando-te a fazer manualmente. 

A parte de encaixar a estrutura da cama, aquele “contorno” do colchão, também pode ser difícil sem a ajuda de mais uma pessoa para te ajudar a segurar as ripas e parafusar. 

A minha dica pra terminar, por fim, é a de que, se você não tem muitas ferramentas e força à disposição, a cama Caramelo será bem mais fácil de montar do que a Branca: ajudei meu irmão com a cama dele (Cama de Solteiro Bali Caramelo), e a madeira de Pinus é bem mais macia para encaixar as peças e parafusos do que o MDF, além de exigir menos cuidados com rachaduras: o MDF pode rachar se você parafusar muito rápido. 

E aqui está a minha cama, prontinha:

menina montando movel de madeira sozinha

A montagem foi divertida demais – minha parte preferida foi a de montar as gavetas. E, fazendo quase tudo sozinha e sendo inexperiente, levou cerca de 5:30horas no total. 

cama de solteiro com gavetas e nichos montada

Definitivamente, a melhor parte da montagem é o final: quando você coloca o colchão na cama e dorme tranquilamente! 

E você, o que achou da montagem da sua Cama Bali? Se você não tem uma ainda, provavelmente está cometendo um erro. Entre no site e arranje uma logo! 

Quer acompanhar as viagens da Gabi? Então vem espiar o blog dela aqui!
Sobre a autora:
A Gabi, a atendente bilíngue do tiMMMe: ajudo na parte internacional da Meu Móvel de Madeira, a Memomad, nossa loja na Europa. Sou apaixonada por livros, cozinha e matemática… Escolher uma área preferida nunca foi meu forte! Se eu tivesse um super poder, ia querer voar para conhecer lugares novos todos os dias.

Comentários não estão permitidos.