Minha casa, Minha cara

Imagine a responsa que foi organizar um ambiente na casa do apresentador do Decora. Mas até que eu me saí bem, você não acha?

Micaela Góes

Por: Micaela Góes Fotos: Equipe Santa Ajuda

Colocar ordem na área de serviço do Mauricio Arruda, arquiteto do programa Decora, do GNT, foi o meu maior desafio em todos os tempos de Santa Ajuda. Seria como querer ensinar o pescador a pescar. Mas não é que eu tinha o que ensinar?!

Vamos deixar bem claro! O apê em que Maurício vive é lindo, todo bem decorado e arrumado. Quando entrei, até fiquei na dúvida se ele realmente precisava da minha ajuda. Mas precisava! Porque a lavanderia era o calcanhar de Aquiles dele. Um espaço com a missão de cumprir muitos papéis, porém desprovido de qualquer setorização. Dava a nítida impressão de que objetos sem lugar certo foram parar ali e nunca mais deram adeus, colocando-se no caminho daqueles que de fato são necessários.

antes

Então eu me pus a fazer o que melhor sei: pensar em cada função do ambiente e setorizá-lo. Só de bater o olho nas fotos do “depois” já dá para perceber essa segmentação, não é mesmo?

depois

O armário voltou a ter sua função original, que é guardar os itens de limpeza, os instrumentos para passar roupa e as caixas de ferramentas. O lindo cabideiro que ficava oculto montes de sacolas de compras, coleiras e mochilas ganhou a companhia de uma segunda peça, e agora ambos se destacam no ambiente, deixando à mão e em ordem tudo o que é usado com mais frequência: cada sacola contém outras em seu interior.

Sob a bancada extensa, foram enfileirados mala, aspirador de pó, a ração da Jaira (a cadela do Mauricio) e baldes. O varal antigo deu lugar a outro bem mais prático (cada vareta sobe e desce independente das outras) e ainda acrescentei uma prateleira com um varão para pendurar camisas passadas.

Mas tudo isso, apesar de essencial, é esperado em uma área de serviço. O que não é tão comum assim é destinar uma parte desse espaço ao cultivo de plantas. E eu fiz isso justamente porque já havia alguns vasos ali, na janela, e porque o dono da casa adora cozinhar – então, por que não acrescentar mais verde ao local sob a forma de uma horta de ervas aromáticas? Escolhi vasinhos que são auto-irrigáveis e pendurei-os em um estrado acima da máquina de lavar.

Já os apetrechos de jardinagem e os brinquedinhos da Jaira foram separados em dois Caixotes Camarada grandes, da MMM, colocados sob a bancada onde moram as plantas mais antigas. As peças, num amarelo que alegrou o ambiente, têm rodinhas, o que facilita muito na hora da faxina.

Os mesmos caixotes, aliás, estão sob a bancada do tanque, organizando todos aqueles itens que eu mencionei antes – mas isso você só vai ver assistindo à reprise do episódio do Santa Ajuda, pois eu me esqueci de fotografar. Pronto, falei. tongue

Beijos e até o próximo post,
Mica ♥

Já conhece o blog da Micaela? Espie aqui!

2 Comentários

  1. ADOREI! POR FAVOR, MORO EM NITERÓI-RJ, SABE ME DIZER ONDE EU ENCONTRO OS VASINHOS AUTO-IRRIGÁVEIS? OBRIGADA!