Minha casa, Minha cara

O predinho dos anos 40 rejuvenesceu ao acolher um endereço que é um misto de cafeteria e loja de plantas – a paisagem de Curitiba agradece!

Cristiane Teixeira

Por: Cristiane Teixeira Fotos: Eduardo Macarios/Divulgação

café botanique em curitibaDurante os anos em que um cinza sem graça tomou conta deste prédio comercial, poucas pessoas entraram no edifício Carmen para tentar descobrir o que havia lá dentro. E, na verdade, havia muito pouco. Pois boa parte da construção permanecia vazia. Bem diferente de hoje! Quando todas as lojas funcionam e quem passa de carro, volta mais tarde para saber o que se esconde atrás de fachada tão colorida e charmosa.

E uma das boas surpresas é o Botanique – espaço que reúne o café Negritta e a loja de plantas Borealis –, empreendimento que impulsionou a repaginação do predinho de 1943. “Depois da nossa reforma, o local atraiu negócios ligados à arte, ao design e à moda, todos liderados por mulheres”, diz Juliana Girardi, uma das sócias do Botanique.

café botanique em curitiba

Coube as arquitetas Ana Sikorski e Katia Azevedo, do escritório Moca Arquitetura, planejar a arquitetura de interiores do Botanique. Que incluiu a construção de banheiros e a substituição de uma janela por uma porta a fim de integrar a área interna a um deck montado no pátio descoberto.

café botanique em curitiba

“Eu e a Katia somos a favor de uma arquitetura afetiva, então sempre desenvolvemos uma historinha para os projetos que criamos”, conta Ana Sikorski. “Nesse caso, como se tratava de um lugar com muitas plantas, café e bolo, só podia ser casa de vó! Uma avó latina, feliz, que gosta de cores alegres e samambaias, mas também preza alguma sofisticação”, continua.

café botanique em curitiba

Traçado esse perfil, as arquitetas chegaram a uma proposta bem feminina, que passa longe do certinho. Harmonizando tijolos descascados com paredes ora pintadas num desenho geométrico, ora cobertas de papel. Mas não é papel de parede!  São folhas fininhas e estampadas que foram coladas nas divisórias como se fossem pôsteres lambe-lambe. Até mesmo os banheiros levam esse revestimento, sobreposto de ilustrações de plantas escolhidas na web e impressas.

café botanique em curitiba

O assoalho original de madeira, restaurado, ganhou a companhia de um balcão que parece de mármore, mas é encapado de porcelanato. As luminárias – desenhadas pelas arquitetas do Moca e executadas por um serralheiro – receberam um banho dourado fosco, que acrescentou a pitada de luxo desejada.

café botanique em curitiba

O mobiliário, em sua maioria, também foi resgatado de outras eras. Algumas peças saíram do acervo das próprias arquitetas. Tudo, para compor cantinhos tão aconchegantes que é fácil achar que estamos em um espaço comercial e não em casa.

café botanique em curitiba

A revitalização empreendida pelas donas da cafeteria e loja de plantas motivou os outros locatários e todos resolveram cuidar da fachada. Contemplada com uma impactante pintura geométrica em que salmão e vermelho se juntam ao cinza e ao azul prevalecentes, uma sugestão do Pedro, do Pastel & Besouro. “A gente queria que a pintura chamasse a atenção das pessoas para o lugar e que, ao mesmo tempo, fosse encarada pelos grafiteiros como arte, porque aí eles não picham por cima. Alcançamos os dois objetivos”, conta Juliana.

café botanique em curitiba

Para o trecho de fachada que dá acesso ao Botanique, ela e as sócias decidiram emoldurar parcialmente a porta com um neon e uma primavera, ambos sustentados por uma tela metálica fixada na alvenaria. “Enquanto a trepadeira era pequena, mantivemos vasos com espécies como lambari e clorofito – as que se adaptaram melhor ao sol forte –, mas agora não sobrou quase nenhum, porque a primavera está tomando conta de tudo, exatamente como imaginávamos”, completa Juliana.

 

café botanique em curitiba

Quer saber as cores do projeto?

  • Na fachada: foram usadas tintas da Coral: Canto da Toscana, Cinza Misterioso, Azul Velejador e Vermelho.
  • No interior: as cores são da Suvinil: Vinho Tinto, Figo (rosa mais escuro), Fiorde Tropical (azul), Flor de Macieira (rosa-claro), Tundra (verdinho) e Árvore da Felicidade (verde-escuro).

café botanique em curitiba

Da arquitetura para a decoração

É claro que um projeto tão cheio de cores me levou a escolher móveis e objetos com a mesma pegada, né? E também um busquei um toque retrô. Que prazer enorme!

moveis coloridos para usar em casa

  1. Rack Biscoito Fino Rosa, da Oppa
  2. Puff Charme, em Castanho e Verde, da Meu Móvel de Madeira
  3. Sofá Itapuã Azul, da Oppa
  4. Conjunto Cadeiras Uma em Vinho, da Oppa
  5. Rack para TV Mantiqueira, em Nozes e Cinza, da Meu Móvel de Madeira
  6. Futon Liberdade, poltrona-cama Verde, da Oppa
  7. Balanço Nó, em Jatobá com corda Vermelha, da Meu Móvel de Madeira
  8. Criado Sense Azul Klein, da Meu Móvel de Madeira
Quer conhecer o Botanique? Rua Brigadeiro Franco, 1193 – 80430210, em Curitiba/PR.

Deixe seu comentário ;)