Minha casa, Minha cara

Estilo Eclético

Quando falamos em estilo eclético, o próprio nome já diz tudo: é uma decoração que mistura vários estilos em um só. É a forma de decorar ideal para quem não se importa muito com padrões e que decora a casa com tudo o que lhe agrada aos olhos. Um estilo bem livre, divertido e, muitas vezes, chamativo.

No ambiente abaixo, dá para notar bem a salada de estilos que a moradora escolheu para compor o ambiente. Tapete com estampa animal dando um toque rústico, cadeiras e abajures clássicos, mesinha branca contemporânea, mistura de estampas… Tudo isso junto em apenas um só cômodo da casa.

Quando adotamos um estilo eclético em qualquer ambiente do nosso lar, precisamos seguir aquela regra básica que acaba regendo todos os outros estilos: o cuidado com o exagero. Nesse estilo em especial, é ainda mais fácil dar uma escorregadinha e pesar a mão em acessórios… Por isso, é importante ficar de olho e tentar evitar ao máximo um visual abarrotado ou carnavalesco demais.

A parte boa é poder brincar bastante com objetos que você gosta sem muita preocupação com a origem, o padrão, se faz parte de um conjunto ou não, etc. É barato, deixa a decoração variada e rica, e pode sim ficar coeso e bonito. Cores semelhantes e padronagens iguais podem trazer harmonia, mesmo se os móveis são de épocas diferentes.

E já que sua casa tem de ter a sua cara, nada melhor que poder ser livre para escolher o que te agrada, sem se prender em códigos de estilo ou regras preestabelecidas. É igual moda: a gente tem de vestir o que nos faz se sentir bem, acima de tudo.

Personalize, coloque objetos de valor sentimental e se jogue no “mais é mais”! Já que, às vezes, queremos é uma casa repleta de lembranças e nada de minimalismo!

Imagens: Apartment Therapy, Freshome, Achados de Decoração, Google

E aí, com qual dos estilos da nossa Série você mais se identificou?

2 Comentários

  1. Oi Larissa,

    É legal de se ver, não faria na minha casa, mas gostaria de ir numa casa que tivesse um estilo assim, rs.

    Então…não vai rolar aquela cor Doce Folha na sala de jantar, já mudei tudo, estou encantada com uma sala que vi em outro blog, rsrsrs. Passa lá no meu blog depois para ver o que eu inventei para a minha cabeça!

    Beijos,
    Tai

  2. Hummm… Adoro esse jeito despojado do ambiente 5. Acho que é do Guilherme Torres, né? Ultimamente tenho tido uma fase meio “cinza-fabril” rs! Beijos, flor! Bom fim de semana!!!