Minha casa, Minha cara

O estilo kitsch é 8 ou 80, ame-o ou deixe-o. Isso porque ele desafia todas as regras decorativas e tem personalidade marcante. Ele vai no caminho oposto ao do minimalismo, dizendo que na verdade mais é mais. Marcado pelo uso de peças e acessórios engraçados e esquisitos, o kitsch é um jeito original e desprendido de decorar, que mistura itens dos mais variados estilos e épocas em um só espaço, no maior estilo tudojuntoemisturado.

2b426422d2d9b8ee7748f766bf995618

E ele é polêmico porque abre as portas para tudo, seja de bom ou mau gosto, de ótima ou baixa qualidade. No estilo kitsch, o que vale é montar uma casa bem-humorada, com muita história pra contar.

a_volta_da_onca_1_ok

casa-do-dj

Os objetos, em grande parte das vezes encontrados em feirinhas de antiguidade, vão de brinquedos antigos e jarras em formato de abacaxi ao famoso pinguim de geladeira. São itens de grande valor, ou pelo seu apelo popular, ou pela sua relação com algum momento, com alguma lembrança. Também são trazidos de viagens, herdados ou doados por amigos, fazendo parte de uma teia infinita de referências.

tumblr_m8sfpjFj2E1qfvuj8o1_1280

6a00d8358081ff69e2019b000c3550970c-800wi

É claro que este estilo não é para qualquer um. Tem quem torça o nariz e ache brega, exagerado. Mas a gente particularmente adora a ousadia de criar as próprias regras na hora de decorar e de não ter medo de espalhar pela casa peças com memória, mesmo que sejam visualmente ultrapassadas ou fora de contexto. O resultado é um lar com vida, aconchegante e com jeito de casa de verdade.

Kitsch-1

A vantagem de investir no estilo kitsch é ganhar uma composição única gastando pouquíssimo. Até porque, a graça da decoração também está no momento da busca pelos itens em lojinhas baratas e brechós. Garimpar faz parte da diversão e do dia a dia de quem aposta em uma composição irreverente e alguns achados acabam sendo os responsáveis por toda a graça do espaço.

6a00d8358081ff69e2019b000c3a26970c-800wi

tumblr_m17kx5943w1qfvuj8o1_1280

O que você pensa sobre esse jeito extravagante de decorar? Consegue enxergar beleza, ou só uma bagunça visual? Conta pra gente!

Fonte das imagens 1 2 3 4 5

7 Comentários

  1. Pingback: Vamos falar de Estilos (parte 4) – Boho Chic, Rústico, Étnico e Kitsch | chataspradecorar.com.br

  2. Pingback: Tendência: flamingos na decoração - Minha casa, Minha cara

  3. Eu gosto bastante desse estilo, acho original e como o post mesmo diz, da um ar de casa de verdade, de aconchego. Eu, na verdade, sou parcialmente adepta a ele (rs), apesar de eu não ser muito fã de várias cores juntas, em minha casa tenho itens que eram de meus avos, por exemplo e também coisas artesanais que me arrisco a fazer. Gosto de olhar para algo e ter um sentimento em relação a ele, como uma lembrança ou aquela de coisa de “fui eu que fiz”, faz você se sentir mais em casa.

  4. Eu acho que o kitsch, no que diz respeito a quantidade, só rola em ambientes mais espaçosos ou vai ficar uma sensação de sufocamento terrível! Mas no que diz respeito a diferentes cores e estilos, mesmo nos ambientes pequenos, sou totalmente a favor. Claro que tem que ver o estilo dos donos da casa, para não ficar algo forçado. Esse estilo não tem cara de gente séria e metódica, por exemplo. Excelente post! :)