Minha casa, Minha cara

Este é mais um post da nossa nova seção “Pergunte aos Universitários“, onde alunos da Univille e da Sociesc dos cursos de Arquitetura e Design de Interiores, respondem dúvidas de leitores e clientes sobre decoração. Quer participar com suas dúvidas? Então envie um e-mail para [email protected] com sua pergunta! Estes alunos ficarão supercontentes em te ajudar!

A pergunta de hoje foi:

“As portas da minha casa nova serão somente envernizadas. Se fossem brancas, colocaria um rodapé branco na sala, pois acho mais fino. Mas como as portas serão em cor de madeira, e as guarnições idem, acho que fica feio colocar rodapé branco. Fica bonito usar porcelanato também para o rodapé? Existem outras opções? (lembrando que não quero fugir muito do bom, bonito e barato!)”

 

Quando se está construindo ou reformando a tão sonhada casa própria, é normal dar de “cara” com dúvidas na escolha dos detalhes, que vão desde acabamento, pisos, portas, revestimentos e rodapés a mobiliários. Isso é muito natural porque hoje existe uma variedade infinita de cores e materiais, o que é ótimo, pois as combinações e alternativas que se podem criar também são muitas.

Ao se falar de decoração, as atenções já se voltam para “móveis e luminárias”, mas, antes mesmo destes entrarem em cena, há uma etapa muito importante que não deve passar despercebida, que é a escolha de portas, pisos, rodapés e cores dos ambientes, pois é a partir desses elementos que começa a decoração.

Na hora de escolher esses elementos, não é necessário que sejam escolhidos do mesmo material ou cor, pois basta que eles tenham uma harmonia de tons.

(Hoje em Dia)

A variedade de materiais para rodapé é grande, pode se utilizar a madeira, o granito, o porcelanato, o MDF ou, até mesmo, a cerâmica, claro que cada material contém suas limitações, assim como cada ambiente decorado.

A madeira é elegante, porém contém algumas limitações. Mas, para quem não quer utilizar a madeira e gosta do seu aspecto, existem outras opções. O ideal é substituir por porcelanato que também é muito utilizado e projeta diversos tons semelhantes, já o granito é mais sofisticado, não podendo ser usado em qualquer ambiente e sendo de custo mais elevado. A cerâmica e o MDF são de fácil aplicação e o acabamento fica muito bonito. Todos os materiais citados têm uma infinidade de cores e tons, portanto, a escolha vai depender de qual material se quer utilizar e qual tom combina com os demais itens do ambiente, como paredes, portas, guarnições, pisos e móveis.

(Manu Damasceno)

(Portobello e Herval Marmores)

A escolha desses materiais vai depender do estilo que quer dar ao ambiente e quanto quer gastar. Uma opção bonita e barata é o uso de porcelanato nos rodapés, e ele não precisa ser necessariamente da mesma cor e pode ser colocado de diversas alturas e formas.

As combinações podem variar também de gostos. Colocando uma porta branca com uma guarnição escura, o porcelanato poderá ser escuro e o rodapé branco. Outra opção de dar ênfase à porta seria colocar ela e suas guarnições da mesma cor e optar por porcelanato e rodapé de tons claros.

(Falando di Casa)

Essas são algumas possibilidades de decoração, mas você pode abusar de sua criatividade e deixar transbordar todo o seu bom gosto para criar novas combinações.





por Jaciara Sardagna e Luísa Trentini
1º ano Design de Interiores – Univille

Se você gostou deste post, clique em “Curtir” e ajude esta dupla de alunas a ganhar pontos no Programa Ammmigo!


Deixe seu comentário ;)