Minha casa, Minha cara

Lembra daquela nossa conversa de outros dias, onde falamos das várias e várias vezes onde moda e decoração se encontram? Pois é, hoje vamos mostrar mais um caso clássico, onde uma cor vira febre nas roupas da mulherada e também se torna super bem-vinda dentro de nossa casa, colorindo paredes, estampas de tecidos e muito mais: o azul Klein.

(Casa de Nós Dois + Pinterest)

A cor, criada há decadas atrás, virou tendência fortíssima no mundo da moda no ano passado e continua sendo usada nas ruas e até mesmo dentro de nossas casas. Virou paixão de designers de interiores do mundo inteiro e tornou-se um tom superdesejado em lares de todos os estilos. E a cor é mesmo de presença, sabe? heart
Criada pelo artista francês Yves Klein, este azul escuro um tiquinho parecido com o azul royal, foi intitulado de International Klein Blue – chique, né? Foi a cor que o artista escolheu para ser a “sua” cor, a sua marca, tom presente em diversas de suas obras.

(Shelter Pop)

E este tom de azul é simplesmente superbonito e marcante, capaz de levantar o astral de qualquer cantinho da casa. Porque apesar de ser um tom mais fechado que o turquesa, ele tem força própria, uma cor que salta aos nossos olhos e que dificilmente passa despercebida.

(Design Crisis)

E como usar este tom de azul na decoração? À primeira vista pode parecer difícil, mas ele é muito mais versátil do que se imagina. Ele pode ser usado com tons neutros como o branco, o bege e o preto, mas também fica muito bonito quando misturado com outros tons fortes como o amarelo, o vermelho e o rosa. Basta saber combiná-los de forma que entrem em harmonia, como na foto abaixo:

(Design Sponge)

O azul Klein também faz uma revolução em ambientes sérios, com cores neutras e móveis antigos. Ao colocar o tom em um lugar estratégico, colorindo uma parede ou alguns acessórios decorativos, o espaço passa de sem graça para moderno e alegre em poucos instantes. Uma ferramenta incrível para agregar beleza e enriquecer os mais variados ambientes da casa.

(The Design Files)

E aí você se pergunta: como uma cor destas, tão forte e marcante, pode ser usada de tantas e tantas formas? A designer de interiores americana Amie Weitzman tem uma teoria: como base para a decoração de vários lares, Amie tem costume de usar tons neutros saídos do vestuário masculino, como o cinza ou o marrom – cores versáteis que combinam com tudo. E ela pergunta: qual é o item mais neutro de nosso armário? O jeans, oras, azul. Segundo ela, o azul Klein na decor, está como o jeans no vestuário: peça curinga que vai com tudo. Você concorda?

(Design Manifest)

Enfim, o real motivo desta cor ter virado febre nós não sabemos. O que sabemos é que ela é incrível e que deve ficar pra sempre guardadinha na nossa gaveta de inspirações. smile