Minha casa, Minha cara

Muito usado pelos portugueses, porém de origem árabe, o azulejo passou por vários países do mundo, recebendo influências de cada cantinho. Aqui, no Brasil, esta cerâmica esmaltada e brilhante foi usada na decoração, mas também como expressão artística: muitos fizeram arte nos pequenos quadrados impermeáveis por aqui.

Na decoração, o seu uso era bem limitado, servindo para decorar cozinhas e banheiros. Hoje, a gente tem toda a liberdade do mundo para ousar e brincar bastante, usando estes pequenos fragmentos para decorar a mesa da sala de jantar, uma moldura de espelho no quarto, o cantinho das plantas numa área externa… Ou em qualquer outro lugar que desejar.

Na cozinha e no banheiro, eles continuam sendo boa pedida. Um painel de azulejos de diferentes cores e padrões em uma faixa da parede da cozinha traz descontração e alegria ao ambiente, além de proteger a parede e ser extremamente prático para limpar.

Este patchwork de azulejos só deixa a decoração ainda mais rica… Além de lhe oferecer a oportunidade de gastar pouco, buscando opções em Cemitério de Azulejos, sem precisar comprar novos e em grande quantidade.

Montar um mosaico no tampo da mesa de jantar também é uma ótima saída para fugir da mesmice. E aqui o lance da praticidade se repete: bonito e facinho de limpar.

Em vez de pintar uma faixa da parede com tinta, escolha uma faixa para preencher de azulejos. O resultado:

Ou, então, emoldurá-los com uma moldura de madeira e colocar na parede. Uma ideia parecida com as colagens, só que feita com quadradinhos de cerâmica.

(Imagens: Casa.abril)

Aproveite todas as opções de cores e montagens e se jogue nos azulejos!
Qual dessas ideias você faria em casa?