Minha casa, Minha cara

Variar no tipo de móvel e no que vai sobre ele é garantia certa de tornar única a decoração do quarto

Cristiane Teixeira

Por: Cristiane Teixeira Fotos: Reprodução

Tão pequeno e tão necessário. Às vezes a gente não repara no criado-mudo, mas basta que falte para se notar quantas funções exerce. Afinal, onde fica o celular durante a noite? E o livro que se lê antes de cair no sono? E o abajur? E o copo d’água?

Não preciso me estender na lista, né?

Conforme os apartamentos foram diminuindo de tamanho, o espaço para a mesa de cabeceira também se reduziu. Resultado: o prático móvel começou a compartilhar funções com outros elementos do quarto.

Criado-mudo azul em quarto de casal

Foto: Meu Móvel de Madeira

A luz de leitura, por exemplo, não precisa vir obrigatoriamente de um abajur, certo? Daí as luminárias que pendem do teto, em cada lateral da cama. Ou, então, as arandelas fixadas nos painéis de cabeceira. Estes às vezes incluem até nichos para objetos, a fim de liberar espaço no criado-mudo espremido. A própria cabeceira, aliás, se reciclou: de complemento, em alguns casos passou a ser um verdadeiro móvel, com lugares de armazenamento e apoio, como a Cabeceira Setorize, assinada pela organizadora Micaela Góes

Quem possui um quarto apertadinho não tem outra opção a não ser reduzir a mesa de cabeceira e adaptar-se. Mas quem dispõe de mais espaço pode fazer dessa peça um coringa altamente decorativo e útil. Além dos itens mais manjados – como o livro da vez –, vale arrumar sobre o tampo um vaso de flores, um quadro, uma moringa, uma bandejinha para anéis e brincos usados no dia etc.

Já as gavetas assumem a organização de controles remotos; de remédios que se tomam antes de dormir ou logo cedo; de óculos; de carregador de celular; de cremes; de pacotinhos de lenço e por aí vai. Se o criado-mudo contar com uma prateleira inferior, melhor ainda. Assim você pode deixar o tampo mais desocupado, colocando parte das coisas ali embaixo.

Vamos ver algumas ideias?

 

#1 Rack de um lado, criado-mudo do outroRack ao lado da cama para ser usado como criado-mudo

Foto: Fran Parente

Que beleza quando sobra espaço nas laterais da cama! Dá até para inovar e eleger uma mesinha de cabeceira discreta e um móvel que mais se parece com um rack de TV. A solução é do Tria Arquitetura, das arquitetas Marina Cardoso de Almeida, Sarah Bonanno e Barbara Castro. Na parede, as arandelas compõem com um quadro, deixando os tampos liberados para os livros.

#2 Pegada retrôcriado-mudo rústico em parede azul escura

Foto: Reprodução Pinterest

Não fossem o móvel antigo e o curvilíneo abajur, este quarto não teria metade do charme que exibe. E, atrás das portas, ainda há espaço para guardar de tudo.

#3 Bancada multiusoQuarto com uma bancada acoplada junto da cama servindo como criado-mudo

Foto: Gabriel Carps

Neste projeto de Renata Santiago Ramos e Laís Adib, do Renata Ramos Arquitetura, o painel de cabeceira integra duas mesinhas suspensas. No lado da mulher, ela se estende um pouco mais a fim de acomodar cremes, espelho e outros itens usados antes de dormir. Note que há até uma banquetinha abaixo da bancada. Como não há abajur – e, sim, arandelas fixadas no painel –, ainda sobra lugar para uma plantinha.

#4 Penteadeira ou mesa de cabeceira?penteadeira como mesa de cabeceira e criado-mudo em quarto

Foto: Reprodução Pinterest

Por que não assumir a necessidade e criar um verdadeiro cantinho da beleza ao lado da cama? Nesta ideia, bastou juntar um charmoso aparador e um espelho de parede para ter uma penteadeira. Mas uma penteadeira que também apoia o abajur, o relógio, os óculos, livros…

#5 Diferentes usosQuarto de casal com escritório dentro e a bancada como criado-mudo

Foto: Divulgação

O quarto comporta tudo o que se precisa, até um home office. E é a própria bancada de trabalho que desempenha o papel de mesa de cabeceira de um lado da cama. Do outro, o criado-mudo é colorido – principal destaque do projeto do Arquiteto em Casa.

#6 Preto no branco, no cinza…Criado-mudo preto com abajur preto encima

Foto: Reprodução Pinterest

Veja que composição mais elegante! E eficiente, porque inclui até dois castiçais – se faltar luz, as velas estão a postos. Como a mesa é compacta, o abajur tem a base pequena e o vaso é transparente, para não pesar no visual. E a gaveta dá conta do restante.

#7 Novo uso para a cadeiracadeira como criado-mudo em casa

Foto: Reprodução Design Sponge

Esta ideia foi paixão à primeira vista! Não só por todo o charme que contém, mas também pela funcionalidade. O encosto da cadeira segura a luminária articulada e ainda permite pendurar uma toalhinha ou manta. Enquanto isso, o assento reúne a garrafa de água, o livro, o controle remoto, uma vela etc. Para completar a utilidade, a moradora ainda modificou a cadeira, acrescentando uma gaveta.

Inspirou-se? Então agora pense em como quer a sua mesa de cabeceira!

1 comentário

Deixe seu comentário ;)