Minha casa, Minha cara

Feiras, exposições e viagens são um prato cheio para quem gosta de comprar quadros com belas pinturas ou imagens marcantes. Tais peças são uma ótima saída para quem deseja ocupar uma parede vazia e sem graça e dar um verdadeiro “up” na decoração. Com tamanhos e tonalidades variados, eles só têm a acrescentar na beleza de um cômodo.

Apesar de muitas pessoas amarem essas peças decorativas, muitas não sabem como pendurá-las da melhor forma na parede, desperdiçando por diversas vezes o real valor estético dela. Saber o jeito ideal de fazer a disposição dos quadros em uma parede é imprescindível para que ele cumpra com sua finalidade: deixar sua casa mais atraente.

A posição ideal deles é que, preferencialmente, fiquem na altura do nosso olhar. Uma regrinha básica que não tem erro é colocar o quadro centralizado acima do objeto a sua escolha. Caso queira pendurá-lo em cima da cama, em cima de um sofá ou de um aparador, aplique a regra: centralize.

Ao pendurar mais de um quadro na mesma parede, não se apavore ao tentar combinar suas cores e molduras entre si. Pelo contrário: quanto maior for a variação de cores, estilos e formatos de moldura, maior a riqueza da composição.

Sempre deixe o quadro grande no centro, em evidência, enquanto os menores ficam dispostos à sua volta.

Quer saber um truque para ver se o quadro vai combinar com as cores da parede e mobiliário? Coloque-o no chão apoiado na parede escolhida e perceba se ele fica realmente harmonioso no ambiente. Ao fazer isso, você consegue ter uma boa noção de como ele ficará no seu cômodo!

Abuse da sua criatividade e ouse bastante! Caso queira usar seus quadrinhos de uma forma menos convencional, coloque-os apoiados na parede em cima de cômodas, aparadores ou estantes. O resultado fica superfofo, olha só:

E você, tem seus truques pessoais? Comente!