Minha casa, Minha cara

Este é mais um post da nossa nova seção “Pergunte aos Universitários“, onde alunos da Univille e da Sociesc dos cursos de Arquitetura e Design de Interiores, respondem dúvidas de leitores e clientes sobre decoração. Quer participar com suas dúvidas? Então envie um e-mail para universitarios@minhacasaminhacara.com.br com sua pergunta! Estes alunos ficarão supercontentes em te ajudar!

A pergunta de hoje foi:

Tapete e sofá: como fazer essa combinação criar o melhor clima para a minha casa?

Para escolher um sofá e tapete, use seu gosto pessoal e sua personalidade, não importa o seu estilo: clássico, retro, arrojado, ousado ou contemporâneo, pois existem várias combinações de tecidos e materiais, cores e texturas.

Fonte: Casas Decoradas

Procure estabelecer uma intercomunicação entre tudo o que você colocar dentro de sua sala. O que importa ao casar estampas é ter um elemento que lembre o outro, e assim por diante, isso garante a harmonia visual.

Fonte: Casa da Ideia

Lembre-se de que o sofá e o tapete têm de combinar com a decoração do ambiente, não necessariamente com a casa.

Fonte: Amarradinho em você

Fonte: arquiteto Glaucus Cianciardi

Quando for comprar um sofá, procure um que seja confortável e tenha um design de acordo com o estilo do ambiente, não tenha medo, pode fazer toda a diferença na sua casa.

Fonte: Brasilia.olx

Fonte: Simplylimpa

O conjunto tem de ser harmonioso, em uma combinação com cores ou estampas diferentes, apenas um devera estar em destaque como elemento principal, levando em conta também a cor do piso.

Fonte: Intrometendo

Uma dica é usar tons neutros, pois nunca saem da moda, deixe cores fortes e vibrantes para usar em almofadas soltas que podem ser trocadas facilmente.

Fonte: arquiteto Glaucus Cianciardi

Também dá para trabalhar com tecidos sofisticados, misturando as cores de um tecido nobre como o veludo nas almofadas, no revestimento dos pufs, assim todo o ambiente vai ficar com ar requintado.

Fonte: Pense Imóveis

Cuidado com texturas muito diferentes, como as sedas ou as muito estampadas.

Fonte: OpenDeco

Tons de sofás claros, como bege, cinza e branco, criam um toque chique no ambiente, podendo assim ousar nos detalhes.

Fonte: PapoKbeça

Um recurso usado, quando o conjunto de tapete e o sofá são estampados, é afastá-los dando leveza em cada peça, evitando o choque entre estampas.

Fonte: Foco Arquitetura

Vale sempre lembrar das dicas: móveis com rodízios não devem ser colocados sobre tapetes com pelos, pois irá marcá-lo; tapetes com relevo podem dar instabilidade no móvel.

Fonte: arquiteto Glaucus Cianciardi

por: Renata Dalmolin e Sergio Mascara

alunos da 7ª fase de arquitetura e urbanismo da Sociesc.

Se você gostou deste post, clique em “Curtir” e ajude esta dupla de alunas a ganhar pontos no Programa Ammmigo!

Comentários não estão permitidos.