Minha casa, Minha cara

Toda casa deveria ter um cantinho só nosso. Totalmente livre de internet e interrupções. Daqueles que todo mundo sabe que quando você entra, não é para ninguém atrapalhar. Ele não precisa ser grande, mas deve ter a sua cara e o seu estilo. Seja para fazer yoga ou ouvir música, esse espaço tem que conversar com o que você gosta e funcionar como um ambiente onde você pode ser você – longe dos incômodos das mensagens, das notícias (boas ou ruins) e dos ruídos da vida.

Flavia sabe muito bem disso. Vivendo com duas filhas e dois netos, ela começou a perceber que ter um espaço só dela era muito mais do que um desejo, mas uma necessidade. Por isso, volte e meia começou a acordar às 5 horas da manhã para fazer yoga na sacada e deixar a cabeça espairecer. Enquanto isso, um quarto da sua casa era tomado pela bagunça e a vontade de montar aquele cantinho só seu, só crescia.cantinho-zen-antesA Carol, filha da Flavia, é uma bagunceira nata. Juntas, elas acumularam até mesmo coisas que já haviam separado para doar. E colocando tralha em cima de tralha, elas deixaram um quarto inteiro sem espaço para circulação. Aliás, era tanta coisa que até o armário saiu quebrado! E a máquina de costura que a Flavia queria tanto poder usar, acabou ficando ali em desuso.cantinho-zen-antes-maquina-e-armarioE como arrumar tudo isso? Só desapegando! Tem uma frase muito legal que a Micaela sempre fala e que assinamos embaixo: “limpar a bagunça é abrir espaço para o novo entrar”. Então com corações abertos e muito cuidado, a Carol e a Flavia separaram tudo que deveria voltar para o quarto, o que deveria ser doado e o que deveria ser descartado. A quantidade de coisas que estava acumulada lá impressionou todo mundo!
A construção do quarto pôde começar logo em seguida. O primeiro passo foi instalar um ventilador no teto, para arejar o ambiente sem janelas. Depois, realizando o pedido da Flavia, a Carol e a Micaela começaram a montar um altar para meditação. Um tecido foi preso na parede para dar um clima diferenciado para aquele cantinho e o Jardim Vertical Girassol serviu como apoio para plantinhas e estatuetas. O Banco Flex também ganhou alguns enfeites e dois futons ecológicos vermelhos para a Flavia poder sentar e relaxar.cantinho-zen-meditacao-com-altarDo lado direito do quarto, a Micaela utilizou uma Estante Holi para organizar todos os materiais de costura da Flavia. Com três prateleiras, a estante possibilitou uma setorização separando tesouras, agulhas e outros utensílios menores em uma prateleira e livros de referências, tecidos, etc. nas outras.cantinho-zen-com-objetos-de-costura-organizadosDo lado esquerdo, a Micaela aproveitou o espaço vertical do quarto para não deixá-lo lotado demais e acabar com o espaço de fluxo. A Prateleira Brisa acomodou os livros sobre yoga e meditação e ainda ganhou dois cintos presos por um prego que servem para segurar os tapetes de yoga. Show essa solução, hein?!cantinho-zen-prateleiraO que você achou do quartinho da Flavia? Nós achamos incrível e já estamos imaginando o quanto ela vai relaxar e se divertir nele! Você também tem um quartinho da bagunça em casa? Se inspirou com essa solução? Conta para a gente!

E para mais dicas de organização assista o Santa Ajuda de hoje, às 21h, no GNT, com os móveis da MMM dando show de multifuncionalidade!

0

O tempero está nas cores

Por Cristiane Teixeira O modo como os arquitetos Ashwin Lovekar e Anjali Lovekar encaram a arquitetura toma forma nesta obra…

4

Sala com varanda gourmet

Desde o surgimento da ideia de acoplar a sala e o espacinho da sacada, nós comentamos o quanto isso pode…

1

1 nicho: duas soluções

Você tem um nicho sobrando em casa? Precisa de um criado-mudo? Vem descobrir como solucionar essas duas situações em um…