Minha casa, Minha cara

Nem só de cinza e branco vive a arquitetura nórdica, como prova esta creche construída na Finlândia

Por Cristiane Teixeira
Fotos Mika Huisman

Fachada frontal bem extensa de creche finlandesa revestida de chapas metálicas coloridas

Lá se vão pelo menos três anos desde que os brasileiros assinaram embaixo de uma tendência ocidental na arquitetura e no design e apaixonaram-se pelo estilo escandinavo, identificado pelo uso predominante de cinza, branco e preto, que abre espaço para detalhes em tons suaves.

Mas, como toda moda, em algum momento ela dá lugar a outra – o que já começa a acontecer, como exemplifica o Painiitty Daycare Centre, creche projetada pelo estúdio finlandês AFKS para a cidade de Espoo, na região metropolitana da capital nacional, Helsinque. A inspiração para a fachada listrada “veio de tapetes de pano, giz colorido e livros enfileirados”, dizem os arquitetos Jari Frondelius, Jaakko Keppo e Juha Salmenperä, sócios do AFKS.

Quina do prédio colorido que abriga creche na Finlândia

“Há pesquisas que mostram que as tendências de cores são cíclicas. Durante os últimos dois ou três anos, os matizes arrojados voltaram”, diz Karl Johan Bertilsson, diretor criativo da NCS Color Academy, que oferece serviços de consultoria em cores para fabricantes, arquitetos e designers em todo o mundo. A afirmação aparece no artigo “Bye-Bye, Minimalist White — The New Nordic Style Is All About Color” (“Bye-bye, minimalismo branco — o novo estilo nórdico é todo sobre cores”, em tradução livre para o português), publicado há um ano pela plataforma eletrônica Houzz, especializada em arquitetura e design residencial.

Ou seja, o atual ciclo de cores claras e fortes – especialmente laranja, amarelo, rosa e vermelho – já habita o universo arquitetônico nórdico há três ou quatro anos, segundo o especialista, em oposição à palidez que acompanhou a chegada do novo milênio.

No projeto de Espoo, o time do AFKS optou por um revestimento metálico com faixas verticais de múltiplas cores e larguras para marcar toda a frente da construção em forma de ferradura. A face de trás, que envolve o pátio e o playground, foi trabalhada de modo misto: as chapas coloridas dão acabamento a um largo beiral que forma um avarandado em toda a fachada; já as paredes exibem placas de madeira pintadas de branco.

O lado de trás da construção abraça pátio e playground

“Os materiais enfatizam a diferença na natureza dos dois lados do edifício”, segundo os autores da solução. “Chapa colorida de frente para a rua e um fundo gentil e abrigado, com revestimento de madeira, onde as crianças brincam.”

A fachada de trás é de madeira pintada de branco, com beiral de chapas metálicas coloridas

Da arquitetura para a decoração

Ao pesquisar sobre cores na arquitetura e no design escandinavos, me deparei com um lembrete importante: “A vida não é incolor”. A frase, publicada pela plataforma Houzz, é do arquiteto de interiores sueco Daniel Heckscher, do Note Design Studio, de Estocolmo, dono de um apartamento famoso pela expressiva paleta de cores. E Daniel continua: “Mesmo no início da primavera, quando a Suécia está tão pálida quanto sempre, se você olhar pela janela verá aproximadamente 7 mil nuances! Não entendo a razão para designers quererem representar um ambiente de ficção”.

Depois de tudo isso, é claro que a minha seleção de peças vai fundo no arco-íris, né?

Em tom de vermelho e madeira, Adega-bar Charme.

Adega bar charme

A Estante de Parede Legno Grande é ótima para exibir revistas e livros infantis.

estante de parede Legno grande

Para fixar na entrada da casa ou no closet, Cabideiro 5 Ganchos Color.
Cabideiro 5 ganchos color

Impossível não olhar duas vezes para o Criado-mudo Sense no tom azul-klein.

Criado mudo Sense

Sempre me atraem os matizes arroxeados, como o escolhido para acompanhar a madeira no Buffet 6 gavetas Charme.
Balcão 6 gavetas Charme

Uma semana mais alegre e colorida pra você!

Comentários não estão permitidos.