Minha casa, Minha cara

Você já ouviu falar sobre a filosofia Wabi-Sabi? Nascida no Japão, a Wabi-Sabi é uma visão estética que enxerga beleza no imperfeito e que aceita e abraça as mudanças e ações que o tempo exerce sobre as coisas. A filosofia vai na contramão da perfeição, da simetria e nos ensina a ir além da superfície. Aqui, o belo é “imperfeito, impermanente e incompleto”.

JPG00970-013_mini

Essa visão se faz presente em todas as áreas da vida, assim como se aplica também à decoração. Afinal de contas, o lar nada mais é do que a extensão da nossa personalidade, né? A valorização de móveis antigos, marcados pelo tempo e com valor emocional; o amor pelos objetos artesanais feitos à mão e sua beleza única e a aproximação da natureza são alguns exemplos de como trazer a filosofia Wabi-Sabi para dentro de casa.

capture-20140618-193421_mini

A noção Wabi-Sabi de que as coisas mudam e que precisamos aceitar tais mudanças também tem tudo a ver com a decoração. A penteadeira que tínhamos quando criança, hoje não é mais a mesma – como nós também não somos. A gente muda, o mundo muda ao nosso redor e a decoração da nossa casa acompanha esse movimento.

565e61d59c690612f8dcc38cc85d8450_mini

Toda esta forma de decorar aparece como um respiro, um alívio em um mundo agitado onde a perfeição em todas as áreas é perseguida incessantemente. Uma casa decorada com simplicidade e significado vira um refúgio, um oásis para onde é sempre muito bom voltar. (:

aga_stylingjanefrosh_photo_bathroom_mini

A luz natural, objetos vindos de viagens e coleções também são bem-vindas no estilo Wabi-Sabi de decorar, que valoriza tudo que gera identificação, que tem valor sentimental e uma história. E a gente sabe como é bom poder olhar para um canto da casa e lembrar de momentos e pessoas especiais, né?

capture-20140618-195615_mini

Quem gostou, vale a pena saber mais sobre o Wabi-Sabi pesquisando inspirações no Google.

Fonte das imagens: Houzz

3 Comentários

  1. Pingback: locksmith villanova pa

  2. Pingback: carpet cleaner sacramento CA

  3. Um post beMMM profundo e que traz uma reflexão. Esse é o Japão milenar, que guarda as tradições. Essa última geração japonesa tem valorizado mais a cultura POP, com explosões de cores, formas e luzes. Será que eles vão se preocupar em passar o Wabi-Sabi e tantas outras tradições para a próxima geração?

    Parabéns pelo post, MMM! <3