Minha casa, Minha cara

A decoração é indispensável na hora de contextualizar um filme, não é mesmo? Graças a ela conseguimos viajar no tempo assistindo nas telonas nossos personagens preferidos desfilando em casas de época ou em ambientes com decorações típicas de diferentes regiões do Brasil. Cada filme tem sua própria cara, sua época e – como não podia ser diferente – sua decoração característica. Já que é assim, hoje vamos comemorar o Dia do Cinema Brasileiro relacionando cada filme com um estilo decorativo. Pega a pipoca quentinha e vamos lá!

Central do Brasil: Estilos Retro e Rústico

Central do Brasil foi um filme de muito sucesso, né? E apesar de ter perdido o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 1999, ele teve uma enorme visibilidade internacional e arrecadou vários prêmios importantes. A história emocionante de Dora e Josué e sua viagem do Rio de Janeiro ao interior do Nordeste é marcada pela decor destas duas regiões.

A casa de Dora é extremamente simples, com móveis antigos e um ar monocromático. Cores como o marrom, o bege e o ocre predominam. Nas locações feitas no nordeste, casinhas simples como a de Josué marcam presença, com o ar rústico e cores alegres.

Dá para se inspirar no ar retrô da casa de Dora buscando trazer para casa elementos retrôs e alegres, como os móveis coloridos, os pés palito e pôsteres estilizados.

O Auto da Compadecida: Estilo Rústico

É o filme favorito de grande parte dos brasileiros que se divertiram horrores com a dupla João Grilo e Chicó e todas suas armações e trapalhadas. Inspirado na obra de Ariano Suassuna, o longa é um clássico e é referência no gênero comédia do cinema brasileiro. Nas casas do filme, o estilo rústico pedromina, com madeira de demolição e até mesmo cobogós na parede.

Para reproduzir o estilo em casa, aposte em parede de tijolinhos a vista, cimento queimado e cores inspiradas na natureza, como o marrom, amarelo e laranja queimado. O patchwork, a chita e materiais com pouco acabamento também são responsáveis por caracterizar o estilo:

A Dona da História: Estilo Retro anos 70

A Dona da História é um romance delicioso, que conta a vida de Carolina e Luis Claudio. Os dois se conheceram nos anos 70 e no momento do filme, por volta de 2003/4, passam por uma crise no casamento e pensam no divórcio. Carol é tomada por lembranças antigas e tenta analisar como teria sido sua vida se não tivesse se casado com Luis Claudio, fazendo diferentes viagens ao passado.  Não vamos estragar o filme contando tudo, mas vale a pena assistir! A parte do longa onde mostra os anos 70 é especialmente interessante para a decoração: encontramos ali váááárias referências, de lustres futuristas e móveis coloridos a estampas psicodélicas:

A decor inspirada nos anos 70 pode ficar bem interessante quando misturada com outros itens. Traga elementos desta época para casa, como os móveis coloridos, acessórios de acrílico e formas geométricas, e dê um ar nostálgico a diferentes ambientes:

Se eu Fosse Você: Estilo Contemporâneo e Moderno

Foi o filme de maior público no ano de 2005, levando ao todo 3.644.956 espectadores ao cinema. Divertidíssimo com Glória Pires e Tony Ramos trocando de corpo, Se eu Fosse Você ganhou até mesmo continuação, tamanho foi o sucesso. A decoração da casa de Helena e Cláudio é cheia de detalhes, com muitas janelas e luz natural, muito verde e detalhes sofisticados.

Para se inspirar nesta decor, invista em cores claras, móveis com linhas retas, pouca estampa, janelões de vidro, etc.

E você, se inspira/já se inspirou na decor de algum filme? Lembra de algum outro sucesso do cinema brasileiro com uma decor bem marcante? smile

3 Comentários

  1. Pingback: Cinema X Decoração: 500 dias com ela | Minha casa, minha cara

  2. Adoro receber as noticias de vocês,Meu Móvel de Madeira está de parabéns. Adorei rever os móveis dos nossos filmes.

    Obrigada, Rosana